arrow_drop_down
TREINO MISSIONÁRIO- PROJETO SAMARITANO

TREINO MISSIONÁRIO- PROJETO SAMARITANO

Portanto, também nós, uma vez que estamos rodeados por tão grande nuvem de testemunhas, livremo-nos de tudo o que nos atrapalha e do pecado que nos envolve e corramos com perseverança a corrida que nos é proposta, tendo os olhos fitos em Jesus, autor e consumador da nossa fé.” (Hebreus 12:1-2)


O treino proposto pelo Projeto Missionário Samaritano, não é apenas no sentido figurado, como na passagem bíblica, ele é um evento que pretende não só tirar voluntários do sedentarismo, mas também arrecadar alimentos para obra missionária.

O Projeto é uma base de apoio missionário interdenominacional, visando contribuir com o sustento de missões no sertão da Paraíba, porém, desta vez, os alimentos arrecadados serão destinados à cidade de Santo Antônio de Lisboa no estado Piauí.

A ideia de incluir Juiz de Fora na rota do Samaritano é do Diácono da Igreja Nova Vida de Terras Altas, João Batista, eles nos explica a motivação de destinar os alimentos para a cidade piauiense, ”No estado do Piauí, 40% da população vive em extrema pobreza, beneficiadas em projetos dos governos estadual e federal”. A cidade contemplada pelos donativos arrecadados será Santo Antônio de Lisboa, o município localizado no sudeste do estado se distancia cerca 340 km da capital, Teresina, e tem cerca de 7 mil habitantes.

Apesar de pequena, é considerada a capital piauiense do caju, porém, devido à seca, a produção do fruto é instável, varia conforme o clima e, a população tem que buscar outras formas de sustento, visto que, boa parte  trabalha nas agroindústrias do município, que aguarda nossa contribuição.

Para saber mais sobre o projeto e comprar o material de apoio como camisas, canecas e outros itens, acesse ao Instagram @samaritano.projetomissionario ou entre em contato pelo whatsApp (32) 98842 4680.

O treino beneficente do projeto Samaritano em Juiz de Fora, ocorrerá no sábado, 4 de dezembro, na via São Pedro, no bairro homônimo, e pretende arrecadar somente farinha de mandioca para o projeto que já conta com outras cidades envolvidas e com outras variedades de alimentos não perecíveis. A concentração para o treino está marcada para as 8h.